29 de fevereiro de 2012

Marcelo Crivella toma posse na sexta no Ministério da Pesca

O novo ministro da Pesca e Aquicultura, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), tomará posse na sexta-feira (2), segundo informou nota divulgada pela pasta. O senador substituirá Luiz Sérgio (PT-RJ), que voltará a exercer o mandato de deputado na Câmara. De acordo com a assessoria de imprensa da Presidência, a cerimônia de posse será às 11h, no Palácio do Planalto

Nesta quarta, o Palácio do Planalto anunciou a decisão da presidente Dilma Rousseff de entregar o comando da Pesca ao PRB, que até então não tinha representantes no alto escalão do governo.

O PRB é o partido do ex-vice-presidente José Alencar, morto em março de 2011. O partido agrega parte da bancada evangélica no Congresso, integrou a base de sustentação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva e segue na base aliada no governo Dilma Rousseff.

Após o anúncio do Planalto, Marcelo Crivella (PRB-RJ), disse em entrevista acreditar que sua indicação para o cargo resultará em uma maior aproximação do governo com os evangélicos. Senador integrante da bancada evangélica, Crivella foi indicado nesta tarde para substituir Luiz Sérgio na Secretaria da Pesca e Aquicultura.

“Acredito que sim [haverá maior aproximação], embora não tenha sido esse o objetivo quando ela [Dilma] me convidou. [...] Sempre trabalhei na bancada evangélica para dirimir controvérsias”, afirmou.

O senador Marcelo Crivella durante entrevista em seu gabinete após ter sido anunciado como novo ministro da Pesca (Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil)O senador Marcelo Crivella durante entrevista em seu gabinete após ter sido anunciado como novo ministro da Pesca (Foto: Antonio Cruz / Ag. Brasil)

A aproximação do governo com os evangélicos é estratégica para a candidatura do ex-ministro da Educação Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Haddad enfrentou forte oposição de parlamentares religiosos ao tentar implementar nas escolas o chamado "kit anti-homofobia", material didático voltado ao combate ao preconceito contra homossexuais.

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou que, com a nomeação de Crivella, o governo incorporou ao ministério um "precioso aliado", em referência ao PRB.

Marcelo Crivella será o terceiro ministro da Pesca no governo Dilma. O primeiro foi Ideli Salvatti (PT-SC), que em junho do ano passado trocou de pasta com Luiz Sérgio - ela foi para as Relações Institucionais, que cuida da articulação política do governo, e ele, para a Pesca.

Luiz Sérgio
Em nota à imprensa divulgada na tarde desta quarta, Luiz Sérgio agradeceu a Dilma pela confiança durante o período em que esteve à frente da Secretaria de Relações Institucionais e do Ministério da Pesca.

“Continuarei, na Câmara dos Deputados, a dar minha contribuição para o sucesso e as conquistas deste governo”, informou Sérgio.

Na nota, ele destaca a importância da pasta “para o desenvolvimento do enorme potencial das atividades pesqueira e aquícola em nosso país”. “Estou certo que, em pouco tempo, o Brasil despertará para esse potencial e os frutos do trabalho deste ministério serão amplamente reconhecidos pela sociedade” afirmou Luiz Sérgio. Ele encerrou a nota desejando êxito ao novo ministro.

Fonte: G1

0 comentários: